domingo, 31 de outubro de 2010

Vitória de "Animal" em Miami é pura alegria brasileira!

Uma das corredoras de rua mais emblemáticas do Brasil é notícia hoje em Miami nos EUA. Ana Luiza Garcez dos Anjos sagrou-se campeã da segunda edição da Meia maratona de Halloween, mais conhecida como “Animal” deu um show nos 21k em Miami ao cruzar a linha de chegada com 1h35min10s e vencer as americanas Caterine Lancia, 1h35min53s, e Sharon Weiss, que concluiu com 1h41min28s.

Animal acumula seu quarto título na Flórida. Em 2007, ela foi campeã da categoria 40-44 anos na Meia maratona da Disney. Em 2009, Animal foi campeã máster nas Meias da Disney e Miami.

Creio que no dia de hoje Aninha acordou cedinho e se preparou para a corrida, mesmo se recuperando de lesões em tratamento a mais de três meses – Aninha só pensava em vencer, para isso logo de manhãzinha se vestiu de verde amarelo, da cabeça aos pés, se pintou toda com purpurina, chegou o grande momento na corrida logo na largada disparou feito criança solta no campo, correu... correu... para mim, para você para o nosso Brasil, e como sempre faz, com muito orgulho estava com a pele verde e amarela.

Aproveito para saudar a vitória brasileira e felicitar Aninha com as frases abaixo que tomei emprestado da música Lágrimas do Sul, de Milton Nascimento. No parágrafo abaixo está desenhada a alma brasileira de Aninha.


Aninha dourada vence em Miami

"Reviver tudo que sofreu!
Guarde o toque do tambor para saudar sua beleza!


Seu corpo e suor para a dança da alegria.
E mil asas para voar que verão de te ver um dia...
E o vento ... é semente de outra história...


Cala boca desse mundo....


E caminhar até nunca mais...
Assim a canção segue a torcer por nós!”



Orgulho brasileiro
Na quinta-feira dia 28, tive o prazer de levar Ana até o aeroporto de Guarulhos, como é habitué Aninha roubava a atenção de todos com sua alegria, inclusive os cabelos cheios de tranças amarelas e verdes. Na ocasião ela me disse: “Sou assim mesmo! Sou do Brasil! Tenho orgulho, estou levando muitas bandeirinhas para distribuir e chaveirinhos e cordões com a bandeira do Brasil.

Porque para mim é ANINHA ? !
Mesmo tendo o seu apelido como “Animal” gosto sempre mesmo é de chamá-la de Aninha, porque ela sempre me parece uma garotinha de 14 anos, embora na verdade tenha seus 48 anos, mas, para mim sempre terá menos de 15 anos!

Ana sofreu tanto nessa vida que quando teve a chance de ser o que ela hoje é, escolheu e realmente ser FELIZ, e é de direito, posso então afirmar que ANA renasceu Aninha! Aninha é, e só sabe viver na divisa da adolescência e da infância, por isso quem a conhece sabe que é uma das pessoas mais sinceras e verdadeiras. Ana é incapaz, sim incapaz de mentir!

Algumas vezes é atrapalhada e revoltada, de certo foi a herança de seus primeiros duros 30 anos, que não viveu, mas sim sobreviveu na urbana cidade, entre drogas e fugindo sempre da violência. Por isso sei e entendo e gostaria que todos que estão lendo aqui também entendessem que é por essas razões que seus sentimentos e emoções estão sempre a flor da pele e ela é transparente e age assim.

Aninha sabe que sua alegria é sua maior riqueza e por isso está sempre assim, adora crianças e por ser como elas, têm a facilidade em contagiá-las. Aninha brincalhona e divertida está sempre presente enriquecendo com sorrisos e seus trejeitos as corridas infantis.
Não se surpreenda se em breve se repetir o feito, afinal em duas semanas, no dia 14 de novembro, Aninha irá competir na Flórida, onde disputará mais uma meia maratona, a 13.1 Fort Lauderdale.
 
Vamos torcer pelo nosso BRASIL pintado na raça, força, alegria e felicidade de Aninha que com sua história de vida nos dá exemplo para continuarmos sempre a acreditar que o melhor sempre está por vir!

11 comentários:

Corridas e Maratonas disse...

OLá Vicent! Belo post!!! A Animal merece!! Um grande resultado, uma atelta que se supera a cada dia! A encontrei no Ibirapuera e nao resisti fui lá tirar umas fotos. Muita simpática,me deu até um pito por eu nao ter treinado naquele dia. Ela já havai feito um treino pela manhã e a tarde estava degustando uma "bacia" de sorvete!!! Parabéns para ela!!!

abraços!! pri

Dona D disse...

Oi Vicente!!!

A Animal já conhecida nas nossas corridas paulistanas e agora está ganhando o mundo!!! Ela manda muito bem! E ela merece!

É isso aí, temos que prestigiar!

Um abraço!

Vicent Sobrinho disse...

Obrigado Dona D e Priscila. Por isso acredito que as mulheres sentem menos dores nas meias e maratonas.... Afinal.. vocês são muito mais fortes! bjs a todas e nunca parem...

jmr.ultramaratonas@hotmail.com disse...

Bem , sempre fui uma pessoa muito honesta, acho que a Ana"Animal" já deixou de ser coitadinha a muito tempo, já se vão anos e anos com a mesma história de vida até quando vamos escutar a mesma coisa!!!, temos milhares de vidas iguais e até piores, temos que aplaudir seu desempenho sim ,mas , esta na hora de parmos oportunidade a outras pessoa

Vicent Sobrinho disse...

É JMR lógico que oportunidades todos devem ter, é que aproveitá-las poucos tem a capacidade. Não estou de maneira alguma exaltando uma pessoa qualquer. Ana é uma sobrevivente,sua história de vida foi reconhecida e recepcionada pelo principe Hiroito no palácio imperial em Tokio.A Ana não deixa a peteca cair. E mais, ANA ajuda muitas pessoas também... principalmente corredores! E eleva o nome do Brasil além fronteiras! Respeito sua opinião. Mas, Ana é um exemplo vivo! E por isso merece ser exaltada. Já ouvi muita gente se emocionar ao encontrá-la. Vamos ser coerentes, se eu tiver que aplaudir alguém... ela eu não deixo passar!Afinal Ana é uma campeã aos 48 anos.

Abçs e obrigado pelo comentário>

Flávia disse...

Vicent, Emocionei-me ao ler seu texto sobre a Aninha. Quanta delicadeza e generosidade. O mundo precisa de gente assim como vc. Parabéns a Aninha,não vou mais chamá-la de "Animal".Com carinho e dignidade as pessoas chegam muito longe. Abraço, Flávia

Anônimo disse...

Parabéns a Ana cuja trajaetória acompanho desde de seu ingrejo ao esporte. Mais um exemplo dado por ela que com a ajuda do esporte e das pessoas de bem é possível reverter qualquer situação adversa. “Sim, a mulher pode". Abraços Nelson Evêncio

Anônimo disse...

Parabéns a Ana cuja trajetória acompanho desde de seu ingresso ao esporte. Mais um exemplo dado por ela de que com a ajuda do esporte e das pessoas de bem é possível reverter qualquer situação adversa. “Sim, a mulher pode". Abraços Nelson Evêncio

Superpinguim disse...

Olá Vicent!

Parabéns pelo artigo, fico realmente feliz com a nova conquista da "Animal", isso faz acreditar que você mesmo, o velho "Pinguim" aqui e todos os "quarentões" ainda tem muita lenha para queimar.
Estou torcendo para você fazer mais uma matéria sobre ela na Revista Contra Relógio, sobre esse grande feito, sei que com sei jeito simpático de ser você vai convencer o Tomaz Lourenço em abrir pelo menos uma página para sua reportagem.

Um grande abraço!

Patricia Vismara disse...

Oi Vicent,

Adorei o post. So mesmo quem convive com a Ana sabe o quanto ela e especial.
Confesso que esta sendo o maximo aproveitar Miami e ter a Ana, a Fe e a Mari por perto.
Bjs.
Paty & WO

Antonio C R Colucci disse...

Parabéns pela apresentação Vicent!!!

E Aninha, parabéns pelo conjunto da obra.

Beijos e abraço

Colucci
@antoniocolucci